981 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

Diablo III

Como o terceiro jogo da famosa serie, Diablo III chegou para os milhares de fans depois de muita, mas muita mesmo, expectativa. E como era de se esperar de uma continuacao de um jogo classico, ele rapidamente ganhou uma legiao fans e odiadores. Mesmo o jogo tendo se mantido fiel aos Diablos precedentes, atraiu muitas criticas ao nao permitir modo offline, e pelo fato de se poder mudar as habilidades ao longo do jogo. Apesar de tudo isso, Diablo foi o jogo que vendeu mais em menor tempo, com 3.5 milhões de copias em menos 24 horas. O que isso quer dizer? Que talvez, depois de mais de 10 anos de desenvolvimento, expectativas estivessem altas demais, mas que isso não necessariamente quer dizer que Diablo III não faca jus à lendária série.


Geral

Pra quem nunca jogou, Diablo III é um RPG em terceira pessoa, em que você sai pelo mundo matando demônios e coletando itens com o objetivo final de matar Diablo. A historia e pouco original, e em poucas palavras, para se resumir bem o enredo, você é um herói que sai pelo mundo combatendo o mal. Os desenvolvedores colocaram alguns pedaços de informação adicional que podem ser coletados ao longo do jogo para que o jogador tenha a opção de se aprofundar na historia se ele assim quiser, o que foi uma ideia interessante, mas insuficiente para tornar o roteiro mais atraente. Mas como o jogo foca muito mais nas batalhas que na historia, eu sinto que isso prejudica muito pouco a experiência.

O jogo se divide em 4 Atos, que são os diferentes cenarios em que a historia se passa. Cada ato tem sua propria geografia e população de monstros, e são marcados pelos bosses que aparecem ao final de cada um. Em cada um deles o jogador tem a opção de adaptar o seu estilo de jogo aos novos estilos de desafio associado ao cenario e aos inimigos. Isso, e o fato que se tem uma sensacao de estar viajando por um mundo contribuem para o dinamismo do jogo.

Otimizar o seu personagem através de novos equipamentos é uma das partes centrais do jogo. Isso pode ser feito matando monstros e coletando os itens que estes carregavam, ou usando a Casa de Leilões, que é uma das novas funções do jogo. Itens da Casa de Leilões podem ser comprados e vendidos tanto com dinheiro coletado no jogo, ouro, ou dinheiro de verdade. Isso adiciona um aspecto completamente novo ao jogo, completamente diferente dos dois primeiros da série, já que além de atuar como um herói, você tem a opção de atuar como um comerciante. Uma das criticas a esta função e que o jogador acaba comprando todos seus itens na Casa de Leilões, e raramente equipando alguma coisa que ele achou por conta propria. A essas pessoas eu digo que a Casa de Leilões é uma opção e não uma obrigacao, e eu gosto de opções.

Diablo III pode ser terminado em relativamente pouco tempo para um jogo do genero, e em geral seu personagem ainda nao chegou no nivel maximo (60) quando isso acontece. Porém, o jogo possui 4 niveis de diculdade (Normal, Pesadelo, Tormento e Inferno) que podem ser jogadas a partir do momento que você termina o jogo no nivel anterior. Além disso, em updates recentes, os desenvolvedores deram aos jogadores a opção de ter mais 10 niveis de poder dos monstros em cada um dos niveis de dificuldade. O história e os monstros são exatamente os mesmos em todos os niveis de dificuldade, com a diferenca que eles ficam progressivamente mais fortes. O jogo no modo Normal é extremamente fácil, não exigindo muito do jogador. Na medida em que se avança de nível de dificuldade, Diablo III exige bastante estratégia, fazendo-nos pensar a respeito de quais habilidades precisamos para avançarmos e sobrevivermos. No modo Inferno, ele se torna quase impossivel, dando aos jogadores uma boa gama de dificuldade para praticar suas habilidades e táticas.

Diablo III colocou muito mais enfase no aspecto multiplayer que as edições precedentes do jogo permitindo aos jogadores criarem salas de ate quatro jogadores para jogar com amigos ou desconhecidos. Um aspecto positivo e que eles tornaram esse processo de achar ou criar um jogo extremamente fácil, e com um ou dois cliques e possivel estar cortando cabeças e abrindo tesouros com seus amigos. Porém, um ponto negativo é que a interação entre as habilidades das diferentes classes é muito limitada, além de aumentar o dano dos seus aliados, é muito dificil ajudá-los de alguma outra forma, fazendo com que o multiplayer seja um pouco decepcionante.

Gaficos e Som

Os graficos de Diablo III, além de alta qualidade, são de muito bom gosto. Os traços são ligeiramente caricatos, o que faz com que os cenarios não sejam cansativos demais. Em segundo plano, ao fundo e em despenhadeiros, há sempre alguma alguma coisa acontecendo, como se esse fosse um mundo de verdade, e não apenas um playground pessoal para matar demônios. A interação com o cenário pode ser feita quebrando alguns objetos específicos, ou permitindo ações que podem dar uma pequena vantagem em uma luta contra monstros, como um candelabro caindo do teto, ou um barril explosivo. Voltando ao bom gosto dos responsáveis pelos graficos, o design das magias agradou, balanceando explosões épicas sem brilho demais. A minha única critica neste aspecto seria que, em certo ponto do jogo, os personagens tem a capacidade de conjurar magias com tanta frequência, que a tela se torna uma cadeia de explosões indecifrável.

Diablo III não tem um fundo musical em geral. Os sons do jogo são os efeitos sonoros do cenário e das batalhas entre monstros e jogadores, ou seja, são simples, mas interessantes. Cada habilidade tem um som característico, o que pode ser de ajuda ao jogador quando as batalhas se tornam uma cadeia de explosões indecifraveis. Ao longo do jogo você pode achar pergaminhos que são lidos enquanto joga, contando um pouco mais sobre o enredo do jogo. Esse e um aspecto interessante para quebrar a monotonia de andar pelo cenário e travar batalhas.

Gameplay

Em Diablo III, cada classe tem acesso a um grande numero de habilidades ativas e passivas. Além disso, cada uma dessas habilidades ativas possui 8 variações através do usa de runas. Porem, só 6 ativas e 2 passivas podem ser usadas ao mesmo tempo, o que motiva o jogador a escolher com cuidado sua seleção de magias. Eventualmente, o jogador chega a um ponto em que matar os monstros normais, em qualquer nível de dificuldade, deixa de ser um desafio. Porem, uma das coisas mais divertidas pelo desafio no jogo e matar os grupos de monstro elite e rondam os mapas. Como o nome indica, esses monstros são muito mais fortes que os monstros normais, contando com habilidades especias como atear fogo ao chão ou retornar o dano de volta o jogador, e a recompensa por matá-los também e proporcionalmente maior.

Veredito

Em entrevistas, os desenvolvedores do jogo disseram que o objetivo era que os jogadores se sentissem épicos matando monstros em uma enxurrada de porrada e explosões, e e exatamente isso que Diablo III oferece. Nada como pular em um poço infestado de monstros correndo por todos os lados e explodir tudo em volta ate que nada mais mexa pra se sentir como um herói de verdade. O jogo perde pontos pela contradição de ter um ótimo aspecto single player mas só poder ser jogado online e pela historia batida. Mesmo assim, continua sendo um jogo excelente e altamente viciante, que pode ser jogado por muitas e muitas horas.

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

8.7

Em entrevistas, os desenvolvedores do jogo disseram que o objetivo era que os jogadores se sentissem épicos matando monstros em uma enxurrada de porrada e explosões, e e exatamente isso que Diablo III oferece.