152 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

The Banner Saga: Factions

Banner Saga: Factions é um jogo indie de tabuleiro exclusivamente multiplayer. Ele foi lançado no começo de 2013 e esta sendo distribuído de graça através do Steam. O jogo é parte do Projeto Banner Saga, que pretende incluir um modo single player no futuro.


Indie, mas com fundações solidas

Banner Saga é um projeto com tema Viking que começou a ser desenvolvido e angariar fundos em fevereiro de 2012, através do Kickstarter. Pra que tem alergia a jogo indie desenvolvido por programadores desleixados, não se preocupe. Os idealizadores desse jogo são três veteranos da BioWare que trabalhavam no Star Wars: The Old Republic, que resolveram chutar o pau da barraca e fazer um jogo por conta própria. Eles se uniram com Austin Wintory, o famoso criador das trilhas sonoras de Journey (considerado um dos melhores jogos de 2012), e a repercussão não poderia ter sido melhor. Em apenas 24 horas eles conseguiram angariar no Kickstarter os 100 mil dólares que eles pediram e no final das contas receberam mais de U$700.000. Nada mal.

Os gráficos (e os efeitos sonoros)

Começo por aqui porque se tem uma coisa que chama atenção imediatamente nesse jogo são os gráficos. Desenvolvido por artistas de revista em quadrinho, a influencia das HQ’s e obvia, e o resultado e um dos jogos mais bonitos que eu ja joguei. Para os amantes de desenhos, todas as animações foram feitas à mão, e o resultado pode ser visto em algumas fotos a baixo (com direito a imagens de alta resolução para ser usada como fundo de tela, basta clicar na imagem).

Pra decepção minha, o Banner Saga: Factions não conta com a prometida trilha sonora feita pelo musico de Journey, que deve fazer parte da versão single player do jogo, ainda a ser lancada. Dito isso, os efeitos sonoros são adequados, mas nada de especial.

O gameplay

Banner Saga é essencialmente um jogo de tabuleiro. Para os saudosistas, ele remete ao clássico de 1988 Battlechess, em que as peças de tabuleiro tomam vida pra matar as peças adversárias. Nessa versão moderna, o jogo não e xadrez, e você controla um time de 6 unidades que contam cada uma com habilidades passivas e ativas únicas. As regras são simples, o jogo é intuitivo, e bastam os 5 minutos de tutorial pro jogador estar pronto pra desafiar amigos e desconhecidos em batalhas repletas de estrategia.

Um outro diferencial de Banner Saga é que as unidades controladas pelo jogador adquirem experiência com o passar do tempo e vão ficando progressivamente mais fortes. Esse é o aspecto viciante do jogo, e também onde os criadores pretendem fazer dinheiro, disponibilizando aos jogadores a opção de treinar as suas unidades mais rápido em troca de dinheiro. As partidas são rankeadas, e o jogador só enfrenta pessoas de nivel equivalente. Então pra quem não é muito competitivo, é completamente possível aproveitar o jogo sem investir um tostão.

Imagem: Homenagem ao clássico Battle Chess

Veredito

Levando em conta que os o calibre dos desenvolvedores e que eles tiveram mais de um ano para desenvolvê-lo, Banner Saga: Factions decepciona. é um bom jogo, e os belos gráficos são quase redentores, mas no final das contas a experiência não é muito diferente de outros jogos de tabuleiro online. Fico na esperança que Banner Saga, com um time tao promissor, não continue a decepcionar na versão final, a ser lancada ainda em 2013.

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

6.7

Levando em conta que os o calibre dos desenvolvedores e que eles tiveram mais de um ano para desenvolvê-lo, Banner Saga: Factions decepciona
  • + Grandes gráficos
  • - Somente multiplayer
  • - Estilo de jogo batido

Informações do Jogo