233 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

Gueimes, os vilões?

Fala Gueimers! Hoje venho abordar um tema delicado, o qual está presente no dia a dia não só de nós, mas sim no da população em geral.

“No começo de 2007, uma mulher de 28 anos de idade, na Califórnia, morreu após participar de um concurso de uma rádio para ver quem conseguia tomar mais água. Após ingerir seis litros em apenas três horas na competição” (http://www.uol.com.br/sciam/)

“...na Suécia e publicado no JAMA – Journal of American Medical Association (04/02/2013), que demonstrou que ingestões diárias de vitamina C acima de 1.000 mg podem causar cálculos renais em homens entre 45 e 79 anos (quase 46.000 casos estudados).” (http://runnersworld.abril.com.br )

Você, caro amigo leitor deve estar imaginando: “Mas o que isso tudo tem a ver com vídeo-games?”. De fato, nada. O intuito desses dois trechos que decidi postar é exemplificar e validar a seguinte frase: “Tudo que é demais (ou usado de maneira errada), faz mal (até mesmo água).”

Não é difícil vermos matérias tendenciosas e reportagens de TV afirmando com todas as letras que jogos influenciam maus comportamentos e podem prejudicar a saúde de pessoas de qualquer idade, a pergunta é “Será que essas pessoas estão utilizando como deveriam? Se eles utilizassem de maneira correta, talvez não obtivessem bons resultados?”. A resposta é “não” e “SIM!”, amigos gueimers, como no exemplo da água e da vitamina C o vídeo-game é um equipamento que pode trazer benefícios, mas não se for usado de maneira errada.

Será realmente culpa dos jogos e de suas desenvolvedoras?

Muito se falou do caso do menino que matou os pais “graças” a grande influência de Assassins's Creed. Mas espera... “Menino? Quantos anos tinha esse menino?”. O incidente ocorreu com uma criança de 13 anos, e próximos acreditam que tenha sido influência de vídeo-games. Acontece meu caro amigo leitor, que o jogo é indicado para maiores de idade (e isso vem explícito na embalagem), esse menino poderia ter jogado conteúdos que potencializariam suas capacidades e não causariam más influências (de preferência jogos para crianças), ou alguém aí já viu um menino de 13 anos pular na cabeça de uma tartaruga após jogar Mario? (não estou fazendo piada com isso, só quis que essa pergunta parecesse tão sem sentido quanto as afirmações de muitos por aí.)

O fato é que Assassin's Creed é uma grande obra, um jogo incrível com uma história ADULTA bastante bem elaborada, que ganhou fama ruim na sociedade graças a pessoas que deixaram uma criança de 13 anos jogar.

Como podemos nos beneficiar e nos prejudicar utilizando o mesmo objeto de diferentes maneiras.


Raciocínio Lógico.

Vídeo-games são ótimos para aprendizagem e raciocínio lógico. Médicos e psicólogos sempre afirmaram que a dificuldade em transpor barreiras e resolvê-las sempre da forma mais breve é fácil possível em jogos, acaba elevando o nível de raciocínio lógico de seus jogadores, principalmente crianças.

Socialização.


Jogos são ótimos lugares para se fazer amigos online, ou trazer para perto de você seus velhos camaradas para tardes de jogatinas, quem não lembra o quanto era empolgante aquela tarde em que seu melhor amigo da escola ia até sua casa para tirar a prova real de quem era o melhor em Street Fighter II, jogo que vocês ficavam compartilhando lições e movimentos a semana inteira? É claro que como tudo na vida, existe o lado ruim da moeda. Algumas pessoas acabam se isolando da sociedade para jogar o dia inteiro, mas isso deve ser encarado como um problema que precisa de ajuda, não é o normal de um gueimer.

Reflexos e tomada de decisões.


Claro que todos nós estamos carecas de saber, que apesar de não todos, mas a maioria dos jogos oferecem desafios que dependem (e muito) da sua habilidade, reflexo e raciocínio rápido. Esses jogos acabam estimulando esses três pontos citados, jogadores de vídeo-games têm tendência a desenvolver bons reflexos e a tomar decisões rápidas, inclusive também “treina” a mente a ficar calmo em horas difíceis.

Exercícios físicos.


Com a evolução dos sensores de movimentos, muitas empresas acabaram ficando empolgadas e desenvolvendo verdadeiras estações de treino, dependendo da sua forma de jogar talvez até algumas horas por semana de “Mario Galaxy” podem exercitar o seu corpo. Isso também é usado em alguns locais para distrair e exercitar pessoas idosas, pois com tais sensores os lançamentos de jogos totalmente intuitivos e acessíveis foram vastos.

Esses foram apenas alguns dos benefícios que vídeo-games podem trazer para pessoas que sabem utilizá-los de maneira correta. E vocês, amigos Gueimers? Já notaram algum benefício de vídeo-games em suas vidas? Ou já ultrapassaram o limite alguma vez e acabaram usando errado? Conte-nos sobre suas experiências!

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!