474 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

O papel do Video Game na Educação Contemporânea

Desde que os jogos eletrônicos surgiram, eles foram os heróis das crianças (hoje adultos) e o terror dos pais. A maior parte das pessoas se questionavam com relação à alienação que a criança “sofria” se imergindo num mundo fictício. Pais e professores se preocupavam ignorando qualquer outro efeito positivo que o videogame pudesse ter sobre a criança ou adolescente. Mas parece que hoje a força das circunstancias leva o ente educador enxergar outras facetas do antigo “vilão”.

Num mundo onde as pessoas são cada vez mais bombardeadas por informação (útil ou não) da hora que acordam à hora de dormir, é cada vez mais difícil prender a atenção do indivíduo. Imagine, agora, a de uma criança ou adolescente onde tudo em sua vida ainda é novidade. A molde atual de educação e formação cognitiva torna-se cada vez mais obsoleto frente a um mundo em que o objeto não julgado interessante em cinco segundos já é classificado como “chato” e descartado do foco de atenção do indivíduo.

Alguns entusiastas e educadores ao redor do mundo, contudo, têm se interessado por uma nova abordagem. Baseando-se em estudos que apontam um grande desenvolvimento cognitivo espacial e motor de crianças que jogam muito video game, eles passaram a relativizar o “mal” que o video game faz e a levar em conta os 'prós' que isso pode trazer.

O fato é que a esmagadora maioria das crianças gosta de videogame e que os pais, professores e escolas precisam da atenção delas para instruí-las. Então, voilá! Surgiram assim os jogos educativos. Primeiro os chatos e de abordagem direta que não faziam nada mais do que substituir os professores por computadores. Porém, hoje em dia já podemos contar com softwares realmente lúdicos e interessantes que são efetivos no aprendizado dos mais diversos assuntos, possibilitando uma absorção rápida e indolor de informação às crianças. Os jogos são indicados aos assuntos mais diversos: matemática, história, línguas, filosofia e até mesmo linguagem de programação.

Um ótimo exemplo dessa nova aplicação dos jogos é o jogo “O Mundo de Sofia”, baseado no livro homônimo. O software possibilita que a criança, adolescente ou até mesmo um adulto passe a ter noções de filosofia de uma maneira que seria quase impossível para um assunto tão abstrato - e à primeira vista desinteressante para muitas pessoas. Com uma interface etérea e envolvente, o jogador mistura si mesmo com a personagem da história, que vai aos poucos descobrindo os mistérios do mundo em que vive à luz dos maiores pensadores da história.

Um outro exemplo de aplicação mais prática (e mais atual) é o “Codespells”. O jogo foi criado por uma equipe da Universidade da Califórnia em San Diego e passou num primeiro teste com um grupo de 40 meninas de idades entre 10 e 12 anos.

O jogo é de primeira pessoa onde o personagem acorda num lugar estranho onde vivem vários gnomos e foi enviado a esse lugar para aprender magia e ajudá-los. Ainda sem saber totalmente, o jogador escreve seus feitiços na linguagem de programação JAVA. Com o tempo, pode-se internalizar princípios básicos de programação de maneira simples, efetiva e divertida um assunto que pode ser extremamente frustrante e desanimador num aprendizado normal.

"Esperamos que eles fiquem tão viciados em aprender programação quanto

ficam com os jogos de videogame," disse Stephen Foster, que programou o jogo com sua colega Sarah Esper.

Os educadores de hoje devem entender que o videogame é uma realidade que não vai passar e, pelo contrário, passará a fazer parte cada vez mais da vida de crianças, adolescentes e adultos. Sendo assim, é melhor que façam bom uso do mesmo e o tornem um aliado para a educação.

Vídeo de apresentação de CodeSpells:

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!