1621 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

O que 2014 ainda nos guarda? (Parte 1)

FAAAAAAAAAAALA GALERA GUEIMER! Se você faz parte dos que pensam que 2014 foi um ano fraco pra games, e já deu o que tinha que dar, estando apenas torcendo pela chegada de 2015, esse artigo é pra você!

Com o final do mês de julho, e oficialmente entrando na parte final do ano da copa no Brasil, nada mais justo do que elaborar uma pequena lista de grandes lançamentos que estão por vir, e falar um pouco sobre os mesmos! Fica complicado escolher apenas 10 títulos, ainda mais se pensarmos na qualidade  dos títulos que virão a ser lançados,então foram escolhidos alguns jogos que criaram altas expectativas ou que já foram bem recebidos pela crítica. Sem mais delongas, vamos aos 9 primeiros!

1- Destiny - Eis aqui o queridinho da E3. Destiny é um FPS com alguns elementos de RPG feito pela Bungie (Desenvolvedora responsável por Halo: Reach) e distribuído pela Activision.

O que chamou atenção? De acordo com a Bungie, existem situações que podem acontecer dentro do jogo que não são possíveis de se prever pela desenvolvedora, devido ao fato dos elementos de MMORPG acoplados a sua jogabilidade. Além disso, pela primeira vez nos videogames,  uma novidade técnica apresentada é o uso de iluminação global e de luzes dinâmicas ao mesmo tempo. O jogo ganhou diversos prêmios na E3 desse ano e muitos dos que jogaram sairão de lá dizendo que este será o jogo do ano.

Quando chega? No dia 9/9/2014 para Ps3 e Ps4, xbox one e 360.

2- Dead Rising 3 (PC)- Bem recebido pela crítica no seu lançamento junto com o Xbox One, Dead Rising 3 da Capcom, está deixando de ser exclusivo e chegando aos PC's pela steam.

O que chamou atenção? Dead Rising impressionou em dois pontos importantes: o primeiro foi na quantidade de zumbis NPC's em tela que o jogo permite ao mesmo tempo sem que aconteça uma queda na taxa de quadros (e sem sacrificar o visual do jogo). O segundo ponto foram as diversas maneiras diferentes em que você pode customizar suas armas e veículos para matar os mortos vivos de formas diferentes e criativas. 

Quando chega? 5/9/2014 para PC.

3- The Evil Within - Novo jogo de Shinji Mikami (e como todos devem saber, criador da franquia Resident Evil) que assume uma câmera em terceira pessoa e te coloca na pele de um detetive que no meio de uma investigação é nocauteado. Ao acordar, a personagem tem que defrontar (e sobreviver ás) forças sobrenaturais. É o primeiro jogo da desenvolvedora fundada por ele, a Tango Gameworks e vai ser distribuído pela famosa Bethesda.

O que chamou atenção? Shinji Mikami é famoso e responsável por reinventar o gênero de terror e sobrevivência nos videogames, que atualmente perdeu um pouco de sua essência ao longo dos anos. A promessa do jogo é trazer de volta o sentimento de medo e "inutilidade" perante a desafios mortais onde você deve correr pela sua vida (E se o clima do trailer for mantido...objetivo concluído senhor Mikami).

Quando chega? 17/10/2014 para Ps3 e Ps4, Xbox One e 360, PC.

4- Far Cry 4 - Depois de um primeiro título que chamava atenção apenas pela ambientação visual (desenvolvido pela Crytek) e um segundo que só não foi um desastre por seus controles e jogabilidade serem muito bons, enfim a Ubisoft acertou em cheio com o terceiro capítulo da franquia. Agora com Far Cry 4, a desenvolvedora/distribuidora procura pegar o que deu certo no título anterior e acrescentar inovações para manter a empolgação dos fãs.

 O que chamou atenção? Aproveitando o impacto que os vilões Vaas e Bucky tiveram em Far Cry 3, a Ubi pretende manter a imagem de seu antagonista como alguém surtado, com uma alta dose de humor negro e com um visual icônico. Saem as ilhas paradisíacas e os piratas/mercenários para a entrada de Kyrat (uma região fictícia do Himalaia) e suas montanhas governadas por Pagan Min. Durante a E3, o que mais conquistou as pessoas que colocaram as mãos no título foram as peculiaridades e novas opções para se realizar as ações (como invadir bases montado em um elefante, ou controlar um minicoptero armado) que foram inauguradas  no capítulo anterior. Parece ser um "mais do mesmo repaginado", o que de certa forma, garante um voto de confiança e um desejo de conferir o que vem de novo.  

Quando chega?  18/11/2014 para Ps3 e Ps4, Xbox One e 360, PC.

5- Dragon Age: Inquisition - Terceiro capítulo da franquia de RPG medieval/nórdico da Bioware, que mais uma vez não é uma sequência direta do primeiro título, Dragon age: Origins. As principais características do título (unidade de combate composta por 4 membros no grupo e capacidade de lidar com os combates em tempo real ou pausadamente) foram mantidas.

O que chamou atenção? A primeira e sempre grande polêmica envolvendo os títulos da Bioware foi a questão da homossexualidade abordada nas personagens de seus jogos. Tentando enriquecer mais ainda suas personagens, a desenvolvedora manterá isso, mas agora será de maneira exclusiva em personagens chave, independente da escolha de sexo da protagonista. Além disso, os gráficos da versão next-gen estão fantásticos com o motor Frostbite 3, fora que a franquia possui uma identidade gráfica e de jogabilidade solidificada, o que aumenta a expectativa para a mesma. 

Quando chega? 18/11/2014 para Ps3 e Ps4, Xbox One e 360, PC.

6- Middle Earth: Shadow of Mordor -Primeiro jogo distribuído pela Warner baseado no universo literário criado por J.R.R Tolkien, que não será uma adaptação dos filmes/ livros do escritor. O jogo tá sendo feito pela Monolith (estúdio criador de F.E.A.R 1 e 2) e é do gênero aventura, adotando comandos de ação e furtividade, tais como em Batman: Arkham e Assassin's Creed. 

O que chamou atenção? O que mais recebe destaque é o sistema chamado de "Nêmesis" onde a ação tomada contra algum dos (muitos) antagonistas que Talion, o protagonista, enfrentará ao longo de sua jornada por vingança será lembrado pelos mesmos, criando situações diferentes no enredo durante sua jornada. Fora que a Warner Interactive tem escolhido bem seus parceiros (Rocsteady em Batman:Arkham;  Netherrealm em MK e Injustice; Traveller's Tale com a franquia Lego), então dá pra dar um voto de confiança nos caras, além de ser um jogo com enredo inédito em que você poderá explorar a terra média.

Quando chega? 7/10/2014 para Ps3 e Ps4, Xbox One e 360, PC.

7- Borderlands: The Pre-Sequel -Com eventos que se passam anteriormente a Borderlands 2,  Borderlands: The Pre-Sequel se passa em uma das luas de pandora e é feito pela 2K australia (de Bioshock) em parceria com a criadora da série Gearbox Software. O jogo (provavelmente) contará como a cobiça desenfreada de Handsome Jack o transformou em um vilão um megalomaníaco como foi visto em Borderlands 2.

O que chamou atenção? O fato do jogo ter sido saído das mãos da Gearbox (que se foca em um Borderlands para a geração mais recente de consoles) causa certa apreensão, mesmo que a 2k Australia tenha no curriculum a franquia Bioshock. Ao menos o senso de humor e a identidade visual do jogo parecem intactas, e a adição da gravidade zero e suas implicações na jogabilidade parecem deveras interessante. Esperar para ver o resultado....e as inúmeras DLC's.

Quando chega? 17/10/2014 para Ps3, Xbox 360, PC.

8- Pokémon Omega Ruby/Alpha Sapphire - Segundo jogo da franquia para 3DS, seguindo o padrão iniciado no GBA de um jogo original e um remake de algum clássico por console portátil. Visualmente, parece manter os mesmos gráficos de Pokémon X/Y, mas adaptado pras peculiaridades da região de Hoenn (como a lendária pista de bicicleta) e aparentemente o jogo não será totalmente em 3D, como o seu antecessor.

O que chamou atenção? Pokémon Ruby/Sapphire divide muito a opinião dos fãs e acredito que sua sequência seguirá o mesmo caminho. A mecânica do jogo permanece intacta, assim como as características visuais de seus personagens (o que é um ponto extremamente positivo para os fãs da franquia). A nintendo já tem um público cativo, e é neles que (corretamente) a empresa investe para agradar e mesmo que o jogo seja atemporal e para todas as idades, basta algumas horas para entender que o sistema de batalha fica cada vez mais complexo para quem joga de maneira competitiva.

Quando chega? Novembro de 2014 para 3DS.

9- Assassin's Creed: Unity- Produzido pela Ubisoft Montréal (que foi responsável por toda a franquia e pelos finados Prince of Persia) Assassin's Creed: Unity tem como missão manter o padrão de qualidade e evitar o desgaste de uma franquia com lançamentos anuais, injetando novos gráficos e novos aspectos de jogabilidade que se encaixem com os títulos já desenvolvidos. 

O que chamou atenção? Unity mantém a mesma forma e espírito da consagrada franquia com a adição de um modo co-op durante a campanha principal (o que faz sentido em termos de evolução da franquia, já que ao longo dos jogos a sua personagem já fora atacada por grupos rivais de assassinos) para a conclusão de missões. Além disso a Ubi promete uma mecânica pra parkour mais elaborada, que facilite a troca de direção durante as escaladas em prédios e a presença de um número maior de NPC's na tela, tudo isso graças as modificações feitas no motor gráfico Anvil-Next(usado em Assassin's Creed 3 e 4).  

Quando chega? 28/10/2014 para Ps4, Xbox One, PC.


Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!