2119 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

O Senhor da Morte - Histórias de Dark Souls

Olá novamente Chosen Undead... Neste artigo da série onde abordaremos toda a história que não é contada diretamente em Dark Souls, vou escrever um pouco sobre Nito, o primeiro Undead, aquele que desferiu o golpe final nos dragões ancestrais, na guerra que deu início a Era do Fogo.

Naturalmente que haverão gorilhões de spoilers no texto, então, siga por conta e risco.

O Senhor da Morte

Com a Era do Fogo, criou-se a Era da disparidade... Calor e frio... Luz e trevas... Vida e morte... Gwyn e Nito.

Quando Gwyn arrancou as escamas dos dragões ancestrais com seus raios, Nito, o primeiro dos mortos, liberou um miasma de morte e doença sobre os Dragões. Um golpe final, enquanto a Bruxa de Izalith destruiu suas Arch Trees, onde seus ninhos ficavam (supostamente).

Você sabe o que é um miasma? Não a vergonha em não saber, eu não fazia ideia, fui pro dicionário, onde descobri que um miasma é: "Uma emanação mefítica originada de matéria pútrida, sendo causa de várias doenças endêmicas"... Cadáveres exalam miasma.

A história de Nito se confunde com a história de todo o universo de Dark Souls.

Nos é dito na cena de abertura que Nito foi o primeiro morto, já que até a Era do Fogo, haviam apenas os dragões ancestrais e as arch trees, seres imortais e já aí temos a primeira dúvida... Nito foi o primeiro ser vivo a morrer, quando entrou em contato com a Lord Soul? Ou foi o primeiro undead, o primeiro não-morto a entrar em contato com a Lorde Soul.

De qualquer forma, Nito, visualmente um coletivo de mortos e morte, com a ascensão dos Lordes e as almas que encontraram no fundo da terra, "nasceu" como morte, e administra a morte em Lordran, desde a queda dos Dragões imortais. Assim como Lorde Gwyn, Lorde da Luz e vida, administra os vivos de Lordran, de Anor Londo, Nito, no fundo da Tumba dos Gigantes, além das Catacumbas, administra as trevas e morte. Uma relação necessária, criada com a Era do Fogo.

Não há como escapar disso, Gwyn sabia disso, não havia razão para não se aliar ao "deus" da morte, para derrotar os dragões. Mas como ficou essa aliança depois da derrota dos Dragões?

Gwyn busca de forma desesperada pelo prolongamento da Era do Fogo, as Fogueiras (bonfires) foram criadas e são mantidas pelas Firelink Keepers para alimentar a primeira chama de Humanidades... Irônico que encontremos o Ritual de Atiçar as Fogueiras (Rite of Kindling) junto de Pinwheel, que roubou os poderes de Nito (a razão, explicarei em um próximo artigo).

O Ritual das Fogueiras era de Nito? Por que o deus da morte tinha um ritual que potencializa as Fogueiras? Que amplia o poder da primeira chama?

Indo um pouco mais além... Sou apenas eu, ou alguém mais vê semelhança entre a aura exalada por Nito, da aura exalada pelos fantasmas de Humanidades do Abismo, próximas à Manus, ou mesmo a descrição das Humanidades, que usamos para fazer a maldição dos não-mortos recuar? Pode ser o miasma... Mas o ataque de miasma dele, de área, que tira uma quantidade absurda da energia vital de tudo ao redor parece bastante diferente daquela aura.

Rhea of Thorolund, e seus guarda costas, servos da Way of White, Religião ou Covenant, como preferir, de Gwyn, tem como o objetivo, recuperar o Rite of Kindling, como os demais não-mortos, dentro do clero. No entanto eles são encontrados depois do penhasco, onde foram traídos por Patches, na Tumba dos Gigantes, muito depois de Pinwheel, que tem o Ritual, quando chegamos à ele...

A "equipe" da Way of Light passou por Pinwheel sem enfrentá-lo? Pinwheel não tinha o Ritual quando eles passaram ali? Será que os usou para acessar a Tumba dos Gigantes e então roubou o Ritual?

E Leeroy... Onde o Paladino da Way of White se encaixa nisso?

O Paladino saiu antes mesmo de Rhea, de Anor Londo em busca do Ritual, em direção as trevas. Apesar de ser um humano, Leeroy contava com Grant, uma das mais poderosas armas abençoadas com dano celestial e mesmo com a maldição dos não-mortos, Leeroy avançou sem tomar conhecimento dos seus inimigos. Cada golpe, reforçando sua fé nos deuses, em Gwyn, o Lorde da Luz, enquanto as criaturas das trevas caíam aos seus pés, em pilhas de ossos.

Mas o intuito dele era destruir Nito, deus da morte e das trevas e recuperar o Ritual? Tem certeza?

Então por que, logo depois de nos ajudar na batalha contra Pinwheel, ele nos ataca na entrada do lar de Nito? Estaria Leeroy tentando destruir o necromante que roubou o Ritual de Nito, e protegê-lo? Destruindo o sítio armado por cópias do necromante à entrada do lar de Nito. Ou ele apenas se tornou Hollow no caminho pelas trevas, sem Humanidade para alimentar sua sanidade e agora caça heróis incautos para tentar recuperar sua Humanidade e manter sua sanidade?

Se Leeroy protege Nito, é por ordem do clero? Uma espécie de mútuo respeito e o entendimento da necessidade de existir trevas, para que a luz exista? Ou se aguarda na entrada do lar de Nito, perigrinou até ali por ordem do clero, acreditando estar em uma missão sagrada... E uma última pergunta, aquela que responde qualquer uma das anteriores... Gwyn manteve ou não sua aliança com o deus da morte?

Você optou pela religião de Nito, na Covenant dos Mortos? Não sabe nem como se faz isso?

Pois bem, quando você ainda está nas Catacumbas, em um cantinho beeem escondido em meio as trevas e todo aquele exército de esqueletos inimigos, existe um caixão, com a tampa aberta... Entre nele e terá uma surpresa adorável, desde que tenha um olho da morte, ao menos.

Mas se você fizer, isso, quando sair, se verá na toca de Nito, de cara com o Deus da Morte. E ele não vai te atacar... Por que? Por que você mostrou sua fé e confiança na morte, um salto de fé em meio as trevas, e uma poderosa adição a Covenant que busca matar o máximo de pessoas possível.

No entanto, se você vier pela frente, destruindo tudo em seu caminho, inclusive o sítio das cópias de Pinwheel, não importará, ele vai tentar te destruir... Por que? Se você, em teoria, o libertou do sítio inimigo?

Por que você também precisou destruir Leeroy, servo de seu aliado para invadir seus aposentos. Nito está sobre sítio, mas não é estúpido...

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!