129 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

Por que os jogos de futebol são tão bons quanto os outros?

Salve, Gueimers! Estava jogando hoje um pouco de FIFA 13 no espaço de tempo que tenho entre trabalho e faculdade, quando decidi olhar em um fórum algumas dicas e dribles novos, quando me deparei com uma frase a qual não vou me recordar exatamente como era, mas tinha o seguinte sentido: “Não entendo como esses 'animais' conseguem gostar tanto de um jogo em o qual trata-se apenas de correr atrás de uma bola e chutar para o gol, futebol consegue ser mais chato nos games do que na vida real.”

Ok... Cada um tem sua opinião, mas até que ponto “dar opinião” obedece a linha do “desrespeitar o gosto do próximo”? Eu como FIFEIRO que sou, fiquei pensando por um bom tempo sobre o assunto. Não vou defender o futebol da vida real (apesar de amar e ser tricolor carioca de paixão), mas falarei do assunto dentro do mundo dos jogos e também do porquê deu achar um estilo de jogo tão excitante.

Estratégia

Sim meu caro amigo, jogos desse estilo possuem SIM muita estratégia, não se trata apenas de correr igual louco e chutar para o gol feito um maníaco. Futebol exige muito da cabeça muito antes de possuir habilidades com os botões. Um time possui 11 jogadores contando com o goleiro certo? Já pensaram que com tantas combinações, estilos e esquemas táticos é quase IMPOSSÍVEL de vencer todos os adversários com uma única estratégia? Por exemplo, um time muito ofensivo abre várias brechas para um contra-ataque, deixa muito espaço aberto em campo. É muito fácil e comum de vermos times aparentemente mais fracos ficarem se defendendo o jogo inteiro parecendo inofensivos, quando em uma bobeada sua eles te arrebentam com um contra-ataque e um golzinho final da partida.

Cada jogador com o seu forte

Até mesmo os mais leigos no assunto, já escutaram termos como: atacantes, zagueiros, laterais, meias etc... Pois é, não basta apenas colocar os jogadores mais famosos no seu time e sair jogando de qualquer forma, os plantéis possuem vários jogadores e eles precisam estar em suas posições para jogarem bem, claro que os mais experientes notam atributos em um ou outro jogador que pode ser aproveitado em uma função parecida. Fiquem imaginando por exemplo, um lateral (jogador que tem obrigação de defender e atacar pelas laterais do campo o jogo inteiro, praticamente aquele que mais corre em todas as partidas) com um nível de velocidade baixo? Certamente ele não poderá ajudar muito no ataque por exemplo, você precisaria deixá-lo na defesa e suprir a falta de ofensividade naquele lado com outro jogador. Ou imaginem ficar cruzando na área para um centro-avante de baixa estatura? A única coisa que você arrumaria seriam bolas e mais bolas cortadas pela defesa.

Cada jogo é um jogo

Como já citado várias vezes, uma das coisas que mais gosto é imprevisibilidade do futebol, justamente o fato de existirem milhares de maneiras diferentes de se jogar. Cada partida torna-se única, você acaba de enfrentar um time de gigantes em que o seu adversário adora cruzar bolas na área, de repente na próxima partida você encontra um time repleto de baixinhos de alta velocidade que chegam na sua área com uma tremenda facilidade e deixam sua defesa maluca.

Partidas épicas com os amigos

Um dos pontos que mais observo e que mais me agrada em um jogo é certamente seu modo multi-jogador. Fãs de futebol adoram debater sobre o assunto, e cada vez que você enfrenta um amigo é certeza de uma partida emocionante e que renderá inúmeras horas de papo e disputa.

Emoção que não acaba mais

Esse é simples de explicar, imaginem um jogo emocionante em que não se pode desgrudar os olhos da TV e nem coçar a vista enquanto ele não terminar, você e seu amigo (ou um jogador aleatório na internet) disputando aquela partida lendária, quando de repente aos 90 minutos do segundo tempo você consegue marcar aquele golaço? Quantas vezes já não pulei da cadeira gritando “Gooool” e me deparei com minha irmã na porta do quarto perguntando: “Ué, Fluminense está jogando?”

Espero que tenham gostado do texto e lembrem-se sempre, antes de criticar qualquer coisa, procure conhecê-la, e mesmo que você não tenha talento, ou simplesmente não goste mesmo assim de jogá-la, observe suas palavras para não acabar ofendendo ninguém. Até a próxima Gueimers!

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!