643 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

Pré-venda: comprar ou não comprar, eis a questão

Você espera o ano inteiro por aquele jogo da sua série favorita ou aquele jogo inédito que todo mundo está rasgando elogios, espera anos por um console da nova geração ou versão melhorada do seu console atual. Finalmente sai aquela notícia na internet em que a empresa responsável anunciou o lançamento do gueime/console que você tanto esperava e, algumas semanas depois, você já pode encontrar pré-vendas sendo realizadas em várias lojas. Entretanto sabemos que aqui no Brasil os preços não são os mais acessíveis e sempre vale ressaltar a velha máxima que sempre ouvimos nossos pais falarem: "dinheiro não dá em árvore". No fim das contas, nos vemos entre a carteira e a Steam e ficamos pensando: "será que eu compro na pré-venda ou espero um pouco?"

AI MEU SALÁRIO!

Nem todo mundo que gosta de videogames possui um salário astronômico e comprar um produto que varia de uma margem de R$150,00 até R$200,00 pesa bastante nas contas de fim de mês, mesmo que parcelado no cartão de crédito. Usando um pouco da matemática, caso a pessoa ganhe um salário de R$1.000,00 e resolva comprar um FIFA 14 (que agora se encontra em pré-venda por R$199,00) ela irá gastar nada mais do que 20% da renda de um mês. Caso essa pessoa ainda more com os pais, os gastos são menores e talvez essa porcentagem não pese tanto, mas para uma pessoa que mora sozinha e precisa pagar várias contas, isso é muita coisa.

Alguns consumidores gostam de esperar algo em torno de 3 meses antes de comprar um jogo novo, pois até lá o preço já terá abaixado, pois não é mais considerado um jogo em lançamento. Muitas empresas e lojas costumam dar um desconto muito considerável depois de um tempo do lançamento do jogo. Um bom exemplo que pode ser citado é a Ubisoft que lançou, no final do ano passado, os aclamados Assassin's Creed III e Far Cry 3 com os preços, respectivamente, de R$179,00 e R$149,00. Já no começo desse ano, aproximadamente entre março e abril, a mesma empresa abaixou o preço dos dois jogos que hoje podem ser encontrados em quaisquer lojas por R$99,00. Fazendo as contas: se duas pessoas fossem comprar os jogos, uma na época do lançamento e a outra em abril do outro ano, a economia seria de R$130,00. Com esse dinheiro poderia comprar uma compra da semana em um supermercado, uma conta de água entre várias outras coisas.

Comprei, mas será que é bom?

O maior problema em comprar um jogo (ou um console, mas tocaremos nesse assunto mais para frente) na pré-venda é que a única coisa que se sabe sobre o jogo é o que os produtores, desenvolvedores e vendedores falam, porém deve-se ter conhecimento de que tudo o que eles falam é para convencê-lo a comprar tal jogo. Portanto o consumidor terá apenas conhecimento dos pontos positivos do jogo, pois é bem raro achar um vendedor que consegue empurrar um produto para alguém destacando um balanceamento entre os pontos positivos e negativos. Em resumo: na maioria das compras em pré-venda, o consumidor não está comprando o jogo em si, mas está comprando apenas a "ideia" do jogo, pois ninguém além dos produtores sabem realmente quais são os problemas que podem atrapalhar nos gráficos, jogabilidade e tudo mais.

Por essas e outras, muitas vezes, é dado um voto de confiança para o consumidor que se dá o esforço em comprar o gueime na pré-venda. Este que vos escreve, por exemplo, comprou Batman: Arkham City na pré-venda e o jogo veio em uma caixa linda que incluía o DLC do Robin e uma pequena revista em quadrinhos relatando os eventos que passam um pouco antes da história do jogo. Também comprei Injustice: Gods Among Us em pré-venda e ganhei, junto com o jogo, um DVD do filme Liga da Justiça - A Legião do Mal em desenho e um DLC com novas skins para alguns personagens.

Esses brindes, que variam de DLCs a um conteúdo exclusivo, é uma forma de agradecimento aos consumidores pelo voto de confiança que deram no jogo e também entram como um dos pontos positivos de se comprar o jogo nesse período. Outra coisa é que a pessoa poderá jogar o gueime antes de todo mundo, o que pode ser uma experiência interessante futuramente, pois o jogador, caso tenha alguma espécie de canal no YouTube ou site que falam sobre o mundo dos jogos, pode criar detonados, discussões, falar sobre easter eggs antes de todo mundo.

Cuidado dobrado com os novos console

Caso você não esteja vivendo em uma caverna nos últimos sete meses, sabe que estamos cada vez mais perto de entrar na nova geração dos videogames com os lançamentos, no fim do ano, do Xbox One e do Playstation 4. Entretanto os cuidados para se tomar ao comprar qualquer um desses consoles em pré-venda deve ser maior do que os cuidados citados acima ao comprar os gueimes. O primeiro motivo para esse cuidado exagerado é que, em terras tupiniquins, o Xbox One já está em pré-venda por R$2.199,00, um preço extremamente salgado. O Playsation 4 ainda não está em pré-venda pois os rumores dizem que a Sony está tentando conversar com o governo brasileiro para abaixar os impostos e vender o console por aqui por algo em torno dos R$1.000,00, porém os gueimers de todo Brasil não estão muito confiantes com a notícia e a maioria acredita que o preço vai ser bem parecido com o videogame da Microsoft.

No momento, não é possível saber exatamente, não qual console é melhor, mas qual console encaixe-se mais adequadamente aos consumidores, pois com um investimento desse tamanho, muitas pessoas não querem só o videogame, mas também querem um aparelho de blu-ray, uma plataforma de entretenimento, um serviço online de qualidade e muitas outras coisas. Também não se possui um conhecimento se haverão problemas em mesma escala e proporção da sétima geração de consoles. Conheço muitas pessoas que deixaram de comprar um Xbox 360 por causa das famosas 3RL que, praticamente, destruíam os consoles da Microsoft. Da mesma forma que muitos também abandonaram o console da Sony por sofrerem com a "orange/yellow light of death" que possuía um efeito muito parecido com as 3RL com o Playstation 3. Sem contar também o ataque hacker a PSN que deixou muitas pessoas aflitas com o fato de que poderiam ter os dados de cartão de crédito e senhas nas mãos de criminosos virtuais.

Sem contar também que não existem os famosos brindes que encontramos nas pré-vendas dos jogos. Na verdade, a Microsoft vai dar, para quem comprar um código para um achievment especial "Day One", porém, ao meu ver, gastar mais de dois mil reais e ganhar apenas um achievment de brinde é muito pouco. Acredito que poderiam incluir, apenas nos pacotes de pré-venda, um mês grátis na Xbox Live ou na Playstation Plus, pois isso seria um brinde interessante e que, talvez, convenceria as pessoas se realizar esse tipo de compra vale ou não a pena.

Veredito

Comprar qualquer produto em pré-venda é uma aposta bem grande e, assim como nos jogos de azar, essa aposta pode acabar dando certo ou não. Muitas vezes não é fácil arriscar e é mais recomendável aguardar um pouco a avaliação de meios especializados para tomar a conclusão que considerar certa. Deve-se sempre levar em questão o preço do produto e o seu salário para que não termine o mês no vermelho e tenha a possibilidade de comprar novos jogos nos meses que seguem.

Veja os trailers, os gameplays, acompanhe as prévias e as notícias sobre o produto que você deseja adquirir, assim como se o estúdio que o produz é confiável, para que tenha a certeza na hora de realizar a compra e não se arrepender depois. Também recomendo que sempre fique atento ao preço das lojas, pois algumas vezes pode variar se for feita a comparação de uma loja para outra. Do mais, tenha sempre consciência do quanto está gastando ao comprar aquele jogo, pois é excelente jogar aquele gueime maravilhoso, mas não é tão bom ficar no vermelho, pois se não pagar a conta de luz não tem como jogar.

Até mais e bons jogos!

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!