493 20/1/2015

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!

Adeus Tom Clancy (1947 - 2013)

OBS: Artigo original de Outubro de 2013

Assim como livros, filmes, música e várias outras artes, os jogos também são um mundo onde as pessoas ganham muito dinheiro em cima produzindo arte. Boa arte, diga-se de passagem. Isso funciona tão bem que os bons artistas são os que mais vendem, não? Por exemplo: quando as pessoas passam por um cinema e observam escrito em um cartaz de um filme "dirigido por Steven Spielberg", imediatamente já cogitam ver aquele filme, pois sabe que o diretor não é qualquer um. A mesma coisa acontece no mundo dos videogames, pois conheço muitas pessoas (e este que vos escreve entra neste grupo) que ao ver a marca "Tom Clancy's" acima do título do jogo, já comprava com a certeza de que ali tinha um bom jogo com um enredo muito bem trabalhado.

Contudo, até que ele conseguisse chegar a o ponto onde todas as pessoas reverenciam seus trabalhos (seja na literatura ou nos videogames) ele precisou passar por muita coisa no mundo. Primeiramente ele nasceu em Baltimore no dia 12 de abril de 1947. Logo em seguida, quando já era grandinho para começar a tomar um rumo em sua vida, virou professor de inglês em uma escola da região onde nasceu. Com o passar do tempo, vendo que ser professor dava um trabalho danado e não ganhava tanto dinheiro assim, resolveu mudar o rumo de sua carreira profissional pela primeira vez, tornando-se um corretor de seguros.

Como todo professor (digo por experiência própria) Tom carregava em sua vida a vontade de tornar-se um escritor ou, ao menos, publicar um livro. Isso concretizou-se em meados da sua vida, quando estava com 37 anos de idade (em 1984), com a publicação do clássico "Caça ao Outubro Vermelho". O livro foi um sucesso tremendo e, pouco tempo depois (em 1990, para ser mais exato), teve até uma versão cinematográfica lançada com a presença de atores famosos como Sean Connery e Alec Baldwin. Além de tudo o filme ganhou o Oscar de melhor edição de som no mesmo ano.

O sucesso de seu primeiro romance apenas o motivou para continuar a escrever (e nós agradecemos por isso do fundo do nosso coração) e, cerca de dois anos depois, lançou mais um livro chamado "Red Storm Rising" (algo como "a ascendência da tempestade vermelha" - o livro nunca foi publicado no Brasil) que, assim como o anterior, também trabalhava as questões políticas dentro da guerra fria entre os Estados Unidos da América e a União Soviética. Contudo foi apenas o seu terceiro livro que alcançou um sucesso tão grande quanto o primeiro: "Jogos Patrióticos" colocou o seu personagem mais famoso, Jack Ryan (um escritor especializado em assuntos navais que trabalha como consultor da CIA - alguns críticos dizem que é baseado na própria vida do autor), dentro da CIA para derrotar um grupo de terroristas.

A grande crítica sobre os livros de Tom Clancy era o seu grande conhecimento sobre os aparatos militares. O que acontece é que ele era um homem fanático por todo o mundo militar, até tentou se alistar para a marinha americana antes de virar um corretor de seguros, mas ele foi recusado.

A década de 90 foi seu auge na carreira e, com a evolução do mercado de gueimes nesta época, Tom resolveu arriscar com o dinheiro que havia ganhado com seus livros e lançar, em 1996, uma empresa de jogos chamada "Red Storm Entertainment" para que produzisse, exclusivamente, jogos baseados em suas histórias e teorias. Vendo um grande potencial de mercado nas histórias do escritor americano, a Ubisoft, em 2000, comprou a empresa dele criando a "Red Storm Studios" dentro da empresa. A marca é responsável pela criação de jogos como "Ghost Recon", "Rainbow Six" e "Far Cry 3". Outros jogos como "Splinter Cell", "H.A.W.X." e "End War" ficaram a cargo de outros estúdios.

Infelizmente o escritor morreu ontem na sua cidade natal. A causa da morte ainda não foi divulgada, mas isso não importa no momento. O que realmente nos deixa triste é a falta que este grande escritor deixará em nossas vidas. Histórias que sempre nos faziam pensar sobre o mundo em que vivemos, aventuras desafiadoras com reviravoltas excelentes. O senhor Clancy era realmente um mestre no que fazia. Para sempre será lembrado como um grande escritor e que todas as suas histórias sirvam de exemplos para os escritores das histórias dos jogos.

Pelo ao menos ainda temos mais alguns lançamentos programados do escritor. No mundo literário, a editora Record (que lança os livros do autor no Brasil), confirmou que em breve chegará nas livrarias de todo o Brasil seu novo romance "Morto ou Vivo" que coloca dessa vez o filho de Jack Ryan, Jack Ryan Jr. (faltou um pouco de criatividade aí, em Tom?) tentando impedir o maior ataque terrorista da história ao coração dos EUA. Já nos país onde o escritor nasceu, o último livro que ele escreveu chamado "Command Authority" tem previsão de lançamento para o dia 3 de dezembro. Ainda não há previsão para o Brasil.

Já no mundo dos gueimes, ainda temos produtos para serem lançados baseados na obra do autor. O estúdio Red Storm ainda está trabalhando para o lançamento do jogo "Rainbow Six: Patriots" que, provavelmente, será lançado em meados de 2014. Contudo o que está mais atiçando os nervos dos jogadores com certeza é "The Division" que será lançado para os consoles da nova geração e PC. O jogo promete revolucionar trazendo uma Manhattan totalmente diferente do que já vimos em qualquer outro lugar. Acima de tudo a jogabilidade de um mundo em RPG está impressionando cada vez mais as pessoas.

Tudo o que nos resta agora é esperar o que restou da obra deste grande autor, agradecê-lo por ter nos presenteado com seu grande talento e dar nossas condolências a sua família que deve estar sofrendo com a perda.

Por fim, caso você não tenha lido nenhum livro e/ou jogado nenhum jogo com a assinatura do autor, eu recomendo que você faça isso o mais rápido possível, pois é aquele tipo de jogo/livro que não se deve deixar de lado.

Até mais e bons jogos!

Uma parceria com:

Está na hora de você aprender Photoshop!

Deixe seu nome e e-mail que te informamos logo logo quando ele estiver pronto
Valorizamos sua privacidade. Seu e-mail não será compartilhado com terceiros!