Veias varicosas podem anunciar trombose futura

As varizes devem ser consideradas como um sinal de alerta indicando um risco de trombose venosa profunda (TVP) ou embolia pulmonar.

De acordo com pesquisadores do Hospital Chang Gung Memorial de Taiwan, as veias varicosas, que muitas vezes são consideradas uma patologia menor, devem ser vistas como um prenúncio de doenças mais sérias e potencialmente fatais.

Em um estudo com 425.000 pessoas, os cientistas descobriram que as varizes estavam associadas a um risco 5,3 vezes maior de trombose venosa profunda (ou flebite). Eles também encontraram uma maior incidência de embolia pulmonar (um coágulo de sangue que se forma nos pulmões) e doença arterial periférica (estreitamento das artérias que levam ao estômago, braços, pernas e cabeça). em pessoas com varizes.

PACIENTES QUE DEVEM ESTAR SOB VIGILÂNCIA

As varizes são dilatações venosas que tornam as veias visíveis sob a pele. Devido a um “mau retorno venoso”, o sangue se estagna na veia que fica maior, torna-se mais visível e doloroso. O problema geralmente é menor e pode ser tratado com meias de compressão ou viscerotônicos. Mas pesquisadores taiwaneses acreditam que as pessoas com varizes devem ser monitoradas de perto para prevenir coágulos sanguíneos e, especialmente, o risco de mover um coágulo para o coração ou para os pulmões.

Na França, o tromboembolismo venoso, que inclui trombose venosa e embolia pulmonar, causa aproximadamente 15.000 mortes por ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *